0

São Rafael Arcanjo

* Oração a São Rafael Arcanjo. Fica conosco, ó Arcanjo Rafael, chamado “Medicina de Deus”! Afastai para longe de nós as doenças do corpo, da alma e do espírito e trazei-nos saúde e toda a plenitude de vida prometida por Nosso Senhor Jesus Cristo. Amém. Glorioso Arcanjo Rafael, que dignastes tomar a aparência de um simples viajante para vos fazer o protetor do jovem Tobias. Ensinai-nos a viver sobrenaturalmente, elevando sem cessar nossas almas, acima das coisas terrestres. Vinde em nosso socorro no momento das tentações e ajudai-nos a afastar de nossas almas e de nossos trabalhos todas as influências do inferno. Ensinai-nos a viver neste espírito de fé que sabe reconhecer a misericórdia divina em todas as provações e as utilizar para a salvação de nossas almas. Obtende-nos a graça de uma inteira conformidade com a vontade Divina: seja que ela nos conceda a cura dos nossos males ou que recuse o que lhe pedimos. São Rafael, guia, protetor e companheiro de Tobias, dirigi-nos no caminho da salvação, preservai-nos de todo perigo e conduzi-nos ao céu. Assim seja. * Oração pelos doentes e pedindo solução de problemas Ó glorioso Arcanjo São Rafael, médico encarregado de nossa saúde, vir do alto do céu curar todos os que estão doentes e resolver os difíceis problemas da vida. Fica conosco, Arcanjo, vós, a medicina de Deus, afastai para longe de nós todas as doenças do corpo e da alma, trazei saúde para nossas mentes. Por Jesus Cristo Nosso Senhor. Amém. * Oração pelos viajantes Ó Deus, que em Vossa inefável providência, Vos dignastes escolher o glorioso Arcanjo São Rafael para ser o companheiro de Vossos fiéis em suas viagens. Fazei que possamos ser sempre conduzidos e defendidos, contra todos os nossos inimigos, visíveis e invisíveis, em todos os caminhos que empreendemos em nossa vida e principalmente em nossa viagem do tempo para a eternidade. Por Jesus Cristo Nosso Senhor. Amém.

0

A MINHA VIDA COM NOSSA SENHORA, por Jacov Colo

Eu tinha dez anos quando Nossa Senhora apareceu  a primeira vez e antes disso eu não tinha jamais pensado numa aparição. Vivíamos num país que era bastante pobre, não existiam notícias, não sabíamos de outras aparições, nem de Lourdes, nem de Fátima, nem de outro lugar onde aparecia Nossa Senhora. Depois um garoto de 10 anos não pensava em aparições, em Deus, naquela idade. Existia na minha cabeça outras coisas mais importantes para mim: Estar com os amigos, jogar, não pensava em oração. Porém, quando vi pela primeira vez , sobre a montanha, a figura de uma mulher que me convidava a subir lá,  no meu coração senti  subitamente, qualquer coisa de especial. Eu compreendi naquele momento, que a minha vida seria mudada completamente. Quando a vimos e estivemos perto Dela, aquela  Sua beleza, aquela paz, aquela alegria que nos transmitia,  naquele momento para mim, não existia mais ninguém. Naquele momento existia somente Ela e no meu coração havia somente o desejo que a aparição se repetisse, que pudéssemos vê-La novamente.
A primeira vez que a vimos, pela emoção e alegria não pudemos dizer nenhuma palavra; tínhamos somente pranto de alegria e rezávamos para que tudo se repetisse novamente. No mesmo dia quando retornamos à nossa casa, surgiu o problema: como dizer aos nossos pais que tínhamos visto Nossa Senhora? Nos diziam que estávamos doidos. De fato, no inicio a reação deles não foi nada bonita. Depois, nos vendo, o nosso comportamento ( como dizia a minha mãe), eu estava diferente e nem desejava sair com os amigos, queria estar na Missa, desejava estar rezando, desejava  subir na montanha das aparições, então começaram a acreditar e eu posso dizer que naquele momento iniciei a minha vida com Nossa Senhora. Eu A vi por 17 anos. Pode-se dizer que cresci com Ela, compreendi tudo Dela, tantíssimas coisas que antes eu não sabia.
Quando Nossa Senhora veio aqui e nos convidou às Suas mensagens principais, que para mim era tudo novidade, por exemplo, a oração das três partes do Rosário. Perguntava-me:por que rezar as três partes do Rosário e o que era o Rosário? Por que fazer o jejum? E não compreendia para isto serviria, o que queria dizer converter-se, porque rezar pela paz… Era tudo novidade para mim. Porem, desde o inicio eu compreendi uma coisa: para aceitar tudo o que Nossa Senhora nos dizia, é preciso somente abrir-se a Ela. Nossa Senhora tantas vezes disse em Suas mensagens: “ Basta que vocês abram seus corações a mim que o restante penso Eu”… Assim eu compreendi, e dei a minha vida nas mãos de Nossa Senhora. Disse a Ela para guiar-me a fim de que tudo que eu  fazia, fosse da Sua vontade, e assim iniciou-se o meu caminho com Nossa Senhora. Nossa Senhora nos convidou à oração e recomendou que fizéssemos retornar o Rosário em nossas famílias porque dizia que não existe coisa maior que pode unir a família como rezar juntos o Santo Rosário, de modo particular com os nossos filhos. Eu vejo que tantas pessoas quando vêm aqui me perguntam: meu filho não reza, minha filha não reza, o que devemos fazer? E eu pergunto a eles: alguma vez vocês rezaram com os vossos filhos? Muitos dizem não, assim não podemos esperar que s nossos filhos rezem, com a idade de 20 anos, pois até agora eles jamais viram a oração em suas famílias, nem mesmo viram que existe Deus em suas famílias. Nós devemos ser um exemplo para os nossos filhos, nós devemos ensiná-los. Não devem com a idade de três ou quatro anos, rezarem as três partes do Rosário, mas ao menos dedicar para Deus, para compreender que Deus deve estar em primeiro lugar na nossa  família… Nossa Senhora por que vem? Vem para nós, para o nosso futuro. Ela disse: “ Eu desejo salvar todos e entregar-vos um dia como o mais belo ramalhete de flores ao meu Filho.
Aquilo que nós compreendemos é que Nossa Senhora vem por nós. Como é grande o seu amor por nós! Ela diz sempre que com a oração e o jejum podemos fazer tudo, até mesmo parar a guerra. Devemos compreender as mensagens de Nossa Senhora, mas devemos compreende-las primeiramente em nosso coração. Se não abrirmos o nosso coração à Nossa Senhora não poderemos fazer nada, não poderemos aceitar as Suas mensagens. Eu digo sempre que é grande o amor de Nossa Senhora e nestes 18 anos Ela nos tem demonstrado inúmeras vezes, repetindo sempre as mesmas mensagens para nossa salvação. Pensem numa mãe que diz ao filho: faça isto, não faça aquilo, e eles no final não fazem e ficam muito mal…. Apesar disto, Nossa Senhora continua a vir aqui e nos convida às mesmas mensagens.. Basta ver  o Seu amor contido nas mensagens do dia 25 de cada mês, nas quais cada vez Ela nos diz: “ Obrigada por terem respondido ao Meu chamado.”Como é grande Nossa Senhora quando nos diz “ Obrigada por terem respondido ao Meu chamado….”Ao contrário, somos nós que devemos em cada segundo de nossa vida, agradecê-La porque vem  salvar-nos, porque vem ajudar-nos. Nossa Senhora nos convida  à oração pela paz porque Ela vem aqui como a Rainha da Paz e com a Sua vinda nos traz a Paz e Deus nos dá a Sua Paz, nós devemos somente decidirmos se desejamos a Sua Paz. Tantos perguntavam no inicio porque Nossa Senhora insistia tanto na oração  pela paz, porque nós naquele momento estávamos em paz. Depois compreendemos porque Nossa Senhora insistia tanto assim, porque dizia que com a oração e o jejum poderíamos parar a guerra. Depois de dez anos de seus convites `a oração pela paz, aqui estourou a guerra. Estou seguro no meu coração de que se nós tivéssemos aceitado as mensagens de Nossa Senhora, tantas coisas não teriam acontecido. Não somente a paz em nossa terra, mas em todo mundo.
Todos devem ser missionários e portadores de Suas mensagens. Ela nos convida também a conversão, mas diz que primeiramente devemos converter o nosso coração, porque sem a conversão do coração, não podemos chegar a Deus. E depois é lógico que se não tivermos Deus no coração, não podemos aceitar nem ao menos aquilo que Nossa Senhora nos diz: se não tivermos a paz no coração, não podemos rezar pela paz no mundo. Tantas vezes escuto dos peregrinos: “ eu estou bravo com o meu irmão, eu o perdoei mas é melhor que fique bem longe de mim”. Isto  não é paz, não é perdão, porque Nossa Senhora nos traz o Seu amor e devemos demonstrar  este amor pelo próximo e amar a todos. Devemos primeiramente perdoar a todos, porque  temos a paz no coração. Muitos quando vêm a Medjugorje dizem: Talvez possamos ver qualquer coisa, talvez vejamos Nossa Senhora, ou o sol que gira… mas eu digo a todos que vêm aqui, que a coisa principal, o maior sinal que Deus pode dar-vos, é a sua conversão este o maior sinal que cada peregrino pode encontrar em Medjugorje. O que podeis levar de Medjugorje como recordação?  O Maior suvenir de Medjugorje são as mensagens de Nossa Senhora: deveis testemunhar, não terem vergonha. Somente devemos compreender que não podemos obrigar ninguém a acreditar. Qualquer um de nós possui a liberdade de acreditar ou não, nós devemos testemunhar mas não somente com as palavras. Podeis fazer em vossas casas, os grupos de oração, pode ser de duas ou três pessoas, mas o primeiro grupo de oração deve ser de mossa família, depois devemos aceitar os outros e convidá-los a rezar conosco.
0

Moda católica

Quero começar o post deixando claro que lindo não é estar na moda ou ter o melhor status. Lindo é andar todos os dias de mãos dadas com Cristo, morrer para o mundo e fazer a vontade d’Ele! Trouxe alguns exemplos de roupas que nós católicas devemos usar, espero que gostem!

Começando claro com o exemplo de nossa Mãezinha:

Eliana (terceira da esquerda para a direita) e suas colegas de casa não conversam depois das 22h durante todos os dias da Queresma (Foto: Arquivo/Canção Nova)

[LOOK-PINK43.jpg]

[vestido-social0511%255B3%255D.jpg]

Não tenha medo de mudanças, geralmente elas significam libertação.

0

ORAÇÃO DE AGRADECIMENTO.

Senhor meu DEUS e meu Pai eu te Agradeço por tudo o que tens feito em minha vida:

pela alegria de viver, por minha família,
pelos meus amigos, pelo ar que respiro,
pelos dons que me deste, pelos relacionamentos
que possibilitam que eu cresça a cada dia,
Por tudo.

Obrigado, PAI, pelas oportunidades que me tens dado
de testemunhar o Amor com que amas a mim e a todas as pessoas.

Obrigado PAI, por Teu perdão e por dar-me uma vida plena e abundante.

Senhor, a Ti,
que és o Criador de tudo
o que sou e o que possuo,
dedico a minha vida,
clamando para que eu veja e faça
sempre a TUA VONTADE, e que minhas
obras Honrem e Glorifiquem o Teu nome.

Amém!

0

10 conselhos do Papa Francisco aos jovens

1) Ter um coração jovem sempre: “Vós tendes uma parte importante na festa da fé! Vós nos trazeis a alegria da fé e nos dizeis que devemos vivê-la com um coração jovem sempre: um coração jovem, mesmo aos setenta, oitenta anos! Coração jovem! Com Cristo o coração não envelhece nunca!” (Homilia de Domingo de Ramos 24/03/2013 – Dia da Juventude)

2) Ir contra a corrente: “Sim, jovens, ouvistes bem: ir contra a corrente. Isso fortalece o coração, já que “ir contra a corrente” requer coragem, e o Senhor nos dá essa coragem. Não há dificuldades, tribulações, incompreensões que possam nos meter medo se permanecermos unidos a Deus como os ramos estão unidos à videira, se não perdermos a amizade d’Ele, se lhe dermos cada vez mais espaço na nossa vida” (Santa Missa dos crismandos em Roma – 28 de abril de 2013)

3) Apostar em grandes ideais: “Não enterrem os talentos! Apostem em grandes ideais, aqueles que alargam o coração, aqueles ideais de serviço que tornam fecundos os vossos talentos. A vida não é dada para que a conservemos para nós mesmos, mas para que a doemos. Queridos jovens, tenham uma grande alma! Não tenham medo de sonhar com coisas grandes!” (Catequese do dia 24/04/2013)

4) Estar com Deus em silêncio: “Aprendam a permanecer em silêncio diante d’Ele, a ler e meditar a Bíblia, especialmente os Evangelhos, a dialogar com Ele, todos os dias, para sentir a Sua presença de amizade e de amor”. (Mensagem aos jovens reunidos para a “Sexta Jornada dos Jovens” da Lituânia 28-30 de junho)

5) Rezar o Rosário: “Gostaria de destacar a beleza de uma oração contemplativa simples, acessível a todos, grandes e pequenos, cultos e pouco instruídos: a oração do Santo Rosário. O Rosário é um instrumento eficaz para nos ajudar a nos abrirmos a Deus, porque nos ajuda a vencer o egoísmo e a levar a paz aos corações, às famílias, à sociedade e ao mundo.” (Mensagem aos jovens reunidos para a “Sexta Jornada dos Jovens” da Lituânia 28-30 de junho)

6) Fazer barulho: “Aqui, no Rio, farão barulho, farão certamente. Mas eu quero que se façam ouvir também, nas dioceses, quero que saiam, quero que a Igreja saia pelas estradas, quero que nos defendamos de tudo o que é mundanismo, imobilismo, nos defendamos do que é comodidade, do que é clericalismo, de tudo aquilo que é viver fechados em nós mesmos” (Discurso aos Jovens argentinos durante a JMJ Rio 2013)

7) Aproximar-se da cruz de Cristo: “Queridos amigos, a Cruz de Cristo nos ensina a sermos como o Cireneu, aquele que ajuda Jesus a levar o madeiro pesado, como Maria e as outras mulheres, que não tiveram medo de acompanhar Jesus até o fim, com amor, com ternura. E você, como é? Como Pilatos, como o Cireneu, como Maria?” (Discurso aos Jovens durante a Via-sacra, em Copacabana, durante a JMJ Rio 2013)

8) Ser protagonista das mudança: “Através de vocês,entra o futuro no mundo. Também a vocês, eu peço para serem protagonistas desta mudança. Peço-lhes para serem construtores do mundo, trabalharem por um mundo melhor. Queridos jovens, por favor, não ‘olhem da sacada’ a vida, entrem nela. Jesus não ficou na sacada, Ele mergulhou… ‘Não olhem da sacada’ a vida, mergulhem nela como fez Jesus”. (Discurso na Vigília de Oração, na praia de Copacabana, durante a JMJ Rio 2013)

9) Servir sem medo: “Não tenham medo de ir e levar Cristo para todos os ambientes, até as periferias existenciais, incluindo quem parece mais distante, mais indiferente. O Senhor procura a todos, quer que todos sintam o calor da Sua misericórdia e do Seu amor”. (Homilia da Missa de encerramento da JMJ Rio 2013)

10) Ser revolucionário: “Na cultura do provisório, do relativo, muitos pregam que o importante é ‘curtir’ o momento, que não vale a pena se comprometer por toda a vida, fazer escolhas definitivas “para sempre”, uma vez que não se sabe o que reserva o amanhã. Nisso peço que se rebelem: que se rebelem contra a cultura do provisório, a qual, no fundo, crê que vocês não são capazes de assumir responsabilidades, que não são capazes de amar de verdade. Eu tenho confiança em vocês, jovens, e rezo por vocês. Tenham a coragem de ‘ir contra a corrente’. E também tenham a coragem de ser felizes!” (Discurso aos voluntários da JMJ Rio 2013)

Fonte: http://destrave.cancaonova.com/10-conselhos-do-papa-francisco-aos-jovens/

0

A idolatria é um pecado gravíssimo, que consiste na substituição de Deus por uma criatura. Ofende a majestade divina, que colocou um mandamento claríssimo no decálogo contra essa prática (Êxodo, XX, 1-5). Por isso a Igreja Católica proíbe a idolatria, e a prova disso são os milhares de mártires do início da Igreja que se recusaram a adorar os falsos deuses pagãos, sendo então levados à arena para a morte. O culto aos santos é algo bem diverso, pois não se recorre ao santo como a um deus, mas como a um amigo de Deus, que pode interceder a nosso favor pois se encontra na presença e na amizade eterna de Deus.

As imagens servem apenas para lembrar dos santos, e não se pode atribuir a elas nenhum poder próprio, como o fazem os pagãos. Já mostramos em várias respostas como as imagens são desejadas por Deus, como ornamento e para veneração, mas nunca para adoração. Que se podem usar imagens, a Bíblia é pródiga em exemplos.

Ora, se Deus manda fazer imagens em várias passagens das Sagradas Escrituras (Ex 25, 17-22; 1Rs 6, 23-28; 1 Rs 6, 29s; Nm 21, 4-9; 1Rs 7, 23-26; 1 Rs 7, 28s; etc) e proíbe que se façam imagens em outra, de duas uma, ou Deus é contraditório ou fazer imagens não é idolatria!

Daí a doutrina católica obedece tanto ao mandamento de Deus, quanto ao desejo divino de usar os homens como intermediários.