Video
0

O sacrifício da Santa Missa

O que é a Santa Missa?
R: A Santa Missa é a renovação incruenta do Sacrifício do Calvário. É o mesmo e único sacrifício infinito de Cristo na Cruz, que foi solenemente instituído na Última Ceia. Nesta cerimônia ímpar, Cristo é ao mesmo tempo vítima e sacerdote, se oferecendo a Deus para pagamento dos pecados, e aplicando a cada fiel seus méritos infinitos.

Por que dizemos que a Missa é a renovação incruenta do Sacrifício do Calvário?
R. Porque na Missa Nosso Senhor Jesus Cristo se imola novamente para nossa salvação, como Ele fizera no Calvário, embora na Missa seja sem sofrimento físico. Esse conceito é BÁSICO para entender o Motivo da proibição das Palmas e de danças e gritos. Não se pode fazer na Missa NADA que você não faria se estivesse na Frente da Cruz de Cristo enquanto ele está crucificado e sofrendo, derramando seu sangue por amor a nós.

Pois bem: EIS AI O VERDADEIRO SIGNIFICADO DA SANTA MISSA! CALVÁRIO — Guarde bem esta Palavra. Missa significa CALVÁRIO. E não festa!!

Objeção de quem não conhece a Igreja a fundo: “Ah mas Cristo ressuscitou, então temos que fazer uma festa” Resposta: A Igreja não tem dúvidas que Cristo ressuscitou. Sim Ele tá vivo! Mas na Santa Missa era vontade do Senhor que se lembrasse sua MORTE, e não sua ressurreição! O Catecismo diz que lembramos a Morte e Ressurreição de Cristo. Mas tem um detalhe. Não se REVIVE uma ressurreição! Se revive a MORTE na Cruz. Isso significa que a Missa é o memorial da morte de Cristo, mas nós sabemos que ele ressuscitou. Todo Católico sabe disso. Detalhe: Saber que ele ressuscitou NAO significa Bater palmas!

Nem cair no chão, pular e dançar! RESSURREIÇÃO nao é o mesmo que “Faça na missa o que quiser.” Portanto a Missa é CALVÁRIO do Início ao fim! Diz São Paulo:

“Assim, todas as vezes que comeis desse pão e bebeis desse cálice lembrais a MORTE do Senhor, até que venha”. (1 Cor 11,26).

Por este motivo, a missa deve ser SILENCIOSA. Não deve haver Palmas, gritos, e “louvores” estridentes como nos cultos protestantes. Algumas frases dos Santos que podem ajudar a compreensão:

“Eis o meio mais adequado para assistir com fruto a Santa Missa: Consiste em irdes à igreja como se fôsseis ao Calvário, e de os comportardes diante do altar como o faríeis diante do Trono de Deus, em companhia dos santos anjos. Vede, por conseguinte, que modéstia, que respeito, que recolhimento são necessários para receber o fruto e as graças que Deus costuma conceder àqueles que honram, com sua piedosa atitude, mistérios tão santos.” (São Leonardo de Porto Maurício. Tesouro Oculto)

Vejam abaixo o atual e oportuníssimo comentário do S. Padre Bento XVI da Carta Apostólica do S. Padre e Beato João Paulo II — Domenica Coena — datado de 24/02/1980.

“A liturgia não é um show, um espetáculo que necessite de diretores geniais e de atores de talento. A liturgia não vive de surpresas simpáticas, de invenções cativantes, mas de repetições solenes. Não deve exprimir a atualidade e o seu efêmero, mas o mistério do Sagrado.”

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s